OS VERDADEIROS CRISTÃOS SÃO GUIADOS PELA PALAVRA | Ministério Graça sobre Graça

 

  OS VERDADEIROS CRISTÃOS SÃO GUIADOS PELA PALAVRA

OS VERDADEIROS CRISTÃOS SÃO GUIADOS PELA PALAVRA

Por Cristiano França

 

“Lâmpada para os meus pés é Tua Palavra, e luz para o meu caminho.” (Salmos 119:105)

 

Depois que a Mensagem da Graça iluminou o meu entendimento passei a perceber o quanto a Palavra de Deus é negligenciada entre aqueles que se dizem cristãos e servos do Eterno Pai. E o que me deixa ainda mais triste é o fato de que isto não é a exceção entre os que dizem crer, mas a regra. A propósito, desde os tempos de Jesus de Nazaré esta triste realidade domina os meios religiosos:

 

Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas.” (Marcos 7:13)

 

Jesus deixou muito claro que a tradição dos homens invalida a Palavra do Senhor. E é exatamente isto o que ocorre até hoje.

 

Como está claramente escrito no versículo inicial deste texto, a Palavra é uma lâmpada para os nossos pés; Ela é luz para os nossos caminhos. Isto é: o chamado para todo aquele que se diz filho de Deus é seguir o que está escrito. Aliás, o apóstolo Paulo foi muito claro a esse respeito:

 

“E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito, não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro.” (1ª Coríntios 4:6)

 

Este é o motivo pelo qual no meio da genuína Mensagem da Graça nós valorizamos de maneira bastante radical o que está escrito na Bíblia. E o nosso esforço vai muito além disso, pois todos os segmentos que dizem pregar a mensagem cristã afirmam que estão baseados na Bíblia. E, de certa forma, estão mesmo. Praticamente todas as doutrinas tidas como cristãs têm base no texto bíblico. Mas, será que estão baseados nos contextos? A diferença dos que pregam o Evangelho verdadeiro é esta: em Graça nos preocupamos em apresentar o Evangelho do ponto de vista dos textos bíblicos sem deixar de analisar todos os contextos — tanto os dos textos em si, quanto os contextos histórico e temporal (aqui me refiro principalmente à separação dos Pactos). Infelizmente, somente os que pregam a genuína Palavra da Graça, sem misturas, são os que têm todo este cuidado com o ensino.

 

No mês de outubro de 2016 nós pregamos a respeito do dom de línguas (os links para os vídeos destas pregações estão abaixo). Fizemos um estudo muito profundo e absolutamente fundamentado. Apresentamos todos os textos e contextos onde se fala na Bíblia deste dom e provamos, sem qualquer sombra de dúvidas, que o dom tem relação com idiomas terrenos e não com as “línguas” esquizofrênicas esgoeladas no meio dos sistemas pentecostais em geral, pelos carismáticos católicos e até mesmo por algumas denominações que dizem “pregar a Graça”. Quando postamos as gravações das duas partes do estudo na Internet fomos atacados por vários defensores dessas falsas línguas, sem, no entanto, qualquer ponto da mensagem ser verdadeiramente refutado. Ou seja, os opositores xingaram, apresentaram argumentos completamente sem sentido, mas não conseguiram mostrar qualquer erro de fato no estudo. Uma dessas pessoas disse que por ela falar as tais “línguas” pentecostais iria continuar acreditando nas mentiras do sistema religioso ao qual pertence e chegou a me acusar de fazer uma “reviravolta” para tentar implantar a visão contrária ao pentecostalismo e afins. A minha resposta foi que os verdadeiros autores de uma reviravolta nos textos bíblicos foram os pentecostais, que inventaram um dom que simplesmente não existe na Palavra de Deus.

 

Chega a ser chocante o quanto as pessoas estão reféns de falsas doutrinas, a ponto de deixarem a Palavra para continuarem crendo em coisas completamente sem sentido. Por mais que provemos, através de textos e contextos, muitos vão continuar negando a verdade de Deus. Não foi por acaso que Jesus disse que as tradições humanas têm o poder de invalidar o que o Senhor nos deixou por escrito. De qualquer forma, vale a pena continuar pregando a Graça, pois também recebemos muitas mensagens de pessoas felizes pela revelação alcançada. Esses são os verdadeiros filhos de Deus, os que são guiados pelo Espírito — isto é, pela Palavra (Romanos 8:14).

 

********************************

 

Vídeos:

 

"A VERDADE SOBRE O DOM DE LÍNGUAS"

 

1ª Parte => https://www.youtube.com/watch?v=BxelwJyPNRI

 

2ª Parte => https://www.youtube.com/watch?v=8w93O15YVoA

 

 

 




Voltar