JESUS CRISTO ESTÁ EM NÓS PARA SEMPRE | Ministério Graça sobre Graça

 

  JESUS CRISTO ESTÁ EM NÓS PARA SEMPRE

JESUS CRISTO ESTÁ EM NÓS PARA SEMPRE

Por Cristiano França

 

“Assim que, querendo Deus mostrar mais abundantemente aos herdeiros da promessa a imutabilidade do seu conselho, se interpôs com juramento; para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos poderosa consolação, nós, os que nos refugiamos em lançar mão da esperança proposta.” (Hebreus 6:17-18)

 

Estes dois versículos que abrem este texto têm a função de nos lembrar de uma coisa que é muito “esquecida” pelo sistema religioso: O conselho de Deus é IMUTÁVEL (a Sua vontade, as Suas decisões, as Suas promessas etc.). Ou seja, o que Ele já fez por nós está feito para sempre e jamais será retirado.

 

O maior presente (dom) que recebemos do Eterno nesta Nova Aliança é a Sua presença em nossas vidas. Segundo o apóstolo dos gentios, a presença de Cristo em nós é a nossa esperança — certeza! — da Glória que em nós há de ser revelada.” (Romanos 8:18):

 

“A quem Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, a esperança da glória.” (Colossenses 1:27)

 

Sendo a presença de Cristo em nós um dom de Deus, temos a certeza de que Ele jamais extinguirá este benefício, pois o Pai não se arrepende e não revoga os dons que Ele dá:

 

“Porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis.” (Romanos 11:29)

 

A segurança da Salvação não vem de nossa suposta capacidade, de nossos esforços, de nossas obras e demais coisas humanas. Nós estamos seguros em relação à nossa eternidade, pois confiamos plenamente na imutabilidade da Obra que Deus fez. A presença do Espírito de Cristo em nós — que é um dos maravilhosos reflexos da Obra realizada na cruz e na ressurreição pelos Seus eleitos — nos garante que nunca nos perderemos. Afinal, como nosso Amado habita em nós (e isto nunca irá mudar), se nós perdêssemos a nossa Salvação eterna, nosso Senhor se perderia conosco, pois Ele é fiel e não pode negar-Se a Si mesmo:

 

“Se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo.” (2ª Timóteo 2:13)

 

Além da segurança da Salvação eterna, a presença de Cristo nos dá outros incontáveis benefícios. Um dos grandes exemplos é o fato de a presença de Jesus nos libertar da necessidade de praticarmos o jejum de alimentos:

 

“Respondeu-lhes Jesus: Podem, porventura, jejuar os convidados às núpcias, enquanto está com eles o noivo? Enquanto têm consigo o esposa não podem jejuar; dias virão, porém, em que lhes será tirado o noivo; nesses dias, sim, hão de jejuar.” (Marcos 2:19-20)

 

Jesus deixou claro que enquanto Ele estiver conosco — e Ele estará para sempre — não podemos jejuar. Ele disse que o jejum deveria ser praticado somente quando fosse tirado. Na cruz o Senhor foi subtraído, mas três dias depois Ele retornou dos mortos e hoje habita em nós. Ou seja, quando as pessoas do sistema religioso jejuam, estão desmerecendo a Sua presença maravilhosa em suas vidas.

 

Jesus nos salvou na cruz e a Sua presença eterna em nós nos mantém salvos; além disso, Sua presença nos mantém santos, livres do pecado, livres da Lei de Moisés, abençoados, amados, perfeitos nEle, enfim: todos os benefícios do Novo Pacto vêm do fato de termos o Criador de todas as coisas habitando nosso corpo, sendo Um com o nosso espírito:

 

“Mas, o que se une ao Senhor é um só espírito com Ele.” (1ª Coríntios 6:17)

 

SOMOS ABENÇOADOS!




Voltar